Newsletter

Cadastre-se para receber dicas de Marketing Digital

Facebook Ads: o que é e como anunciar na maior rede social do mundo


Facebook Ads

Se sua empresa não utiliza o Facebook Ads como uma forma de publicidade online, você pode estar perdendo vendas

Com certeza você já foi impactado por algum conteúdo patrocinado através do Facebook Ads. E estes anúncios são cada vez mais comuns dentro da maior rede social da internet. Isso porque, ao longo do tempo, o Facebook vem reduzindo o alcance orgânico das postagens de páginas empresariais.

Segundo Mark Zuckerberg, esta medida foi tomada visando oferecer aos usuários apenas conteúdos realmente relevantes. Dessa forma, os algoritmos vem “aprendendo” ao longo do tempo a identificar quais os tipos de conteúdos podem, ou não, gerar mais interesse aos usuários.

Contudo, existem conteúdos que realmente queremos que cheguem até nosso público-alvo, pois os consideramos relevantes. Mas, não temos nenhuma garantia que irão aparecer na timeline dos seguidores.

E mais do que fazer seu conteúdo chegar aos seus seguidores, é preciso fazê-lo chegar a pessoas que realmente irão se interessar pelo seu produto ou serviço. Afinal, apenas curtidas e comentários não pagam boletos. E é nesse momento em que Facebook Ads faz-se necessário.

Mas afinal, o que é Facebook Ads

Facebook Ads é a plataforma de anúncios do Facebook e pode ser acessada através do Gerenciador de Anúncios. Através dessa plataforma, é possível criar e veicular anúncios para todos os usuários da rede social. Mais do que isso, é possível criar públicos e segmentar seus anúncios para quem realmente possa se interessar por eles.

Além disso, também é possível criar anúncios em vários formatos. E, através da análise dos resultados, ir identificando aquilo que realmente gera resultados com o seu público-alvo. Mesmo que você tenha um bom engajamento na sua página do Facebook, é possível utilizar anúncios para gerar vendas de forma mais eficiente.

Investir em mídia paga deve sim fazer parte da sua estratégia de marketing digital, principalmente quando se tem um planejamento bem definido. Se você ainda não investe em alguma estratégia de mídia paga, saiba que você pode estar perdendo milhares de clientes em potencial.

E anunciar com o Facebook Ads é mais fácil do que parece, você vai ver!

Baixar E-book: Landing Pages na Prática

Uma das formas de facilitar a conversão é através das Landing Pages. Confira cases de sucesso!

Ebook: Landing pages na prática

Como funciona o Facebook Ads

Basicamente, o Facebook Ads permite, tanto que você impulsione posts da sua página, quanto criar campanhas exclusivas. Qual formato você irá utilizar, depende muito do seu objetivo, que iremos abordar mais a frente.

Identificar um anúncio no Facebook é bastante simples. Existem alguns detalhes fáceis de identificar, como a informação de “Patrocinado” logo abaixo do nome da página. Outro sinal é que geralmente existe alguma chamada para ação (CTA), indicando ao usuário qual ação ele precisa executar.

Post Patrocinado Facebook Ads

 

Outra grande vantagem de utilizar o Facebook Ads, é que, além de anunciar no Facebook, você também pode fazer anúncios para o Instagram. Sim! É possível criar anúncios para Instagram dentro da mesma plataforma. Mas, sobre o Instagram Ads falarei mais em outro post.

Para criar o seu Gerenciador de Anúncio, existem alguns caminhos que você pode percorrer. Se você nunca realizou nenhum anúncio, você pode:

  1. Clicar em “Impulsionar publicação”, diretamente na sua página do Facebook
    Impulsionar Post no Facebook
  2. Ou acessar a página do Facebook para Empresas e clicar em “Criar um anúncio”

Facebook para Empresas

Ao selecionar a primeira opção, uma tela irá se abrir para que você possa fazer as configurações necessárias e impulsionar um posto direto da sua página.

Impulsionar post no Facebook

Esta é uma opção bastante limitada, pois não oferece todas as possibilidades que o Facebook Ads proporciona quando anunciado diretamente do Gerenciador de Anúncios. Mas, criando um anúncio através dessa opção, você irá ativar seu Gerenciador de Anúncios.

De todo modo, recomendamos optar pela segunda opção. A partir daí, o processo é bem simples e intuitivo, e irei mostrar o passo a passo de como criar um anúncio para sua empresa.

Como anunciar no Facebook Ads

Bom, chegou a hora de por a mão na massa! Assim que você selecionar a opção “Criar um anúncio”, você será direcionado para o Gerenciador de Anúncios do Facebook.

Gerenciador de Anúncios do Facebook

Para criar sua primeira campanha no Facebook, primeiro é necessário entender a hierarquia para a criação de qualquer tipo de campanha. O primeiro passo é definir um objetivo, logo em seguida criar o seu grupo de anúncios e, por fim, finalmente criar seu anúncio que será impulsionado.

Contudo, para que você possa criar uma campanha de sucesso, é preciso analisar quais os tipos objetivos a plataforma oferece. Isso porque a ferramenta irá dedicar esforços para alcançar pessoas que engajem de acordo com o objetivo da sua empresa.

Para te ajudar a escolher quais os tipos de objetivos mais se aplicam aos objetivos da sua empresa, segue um resumo detalhado de cada um:

1º Passo: Objetivos de Campanhas

Para começar o Facebook dividiu os objetivos em 3 partes: Reconhecimento, Consideração e Conversão. Estes objetivos estão diretamente ligados à jornada de compras do cliente.

Na fase de Reconhecimento, o objetivo é gerar interesse em seu produto ou serviço, e assim fazer com que o público comece a conhecer sua empresa e suas soluções.

Já em Consideração, o objetivo é levar as pessoas a começar a pensar na sua empresa e a buscar mais informações sobre ela. Aqui o lead já está ciente de que sua marca existe e decide por se relacionar com ela.

E na fase de Conversão, o objetivo é incentivar as pessoas a se interessarem por sua empresa ou usar seu produto ou serviço é o momento decisivo. É através dessa opção que o lead pode optar por efetivamente consumir da sua empresa.

Esclarecido esse passo, vamos aos detalhes de cada objetivo:

Reconhecimento

  • Reconhecimento de Marca: alcance as pessoas mais propensas a lembrar de seus anúncios e aumente o reconhecimento da sua marca.
  • Alcance: exiba seu anúncio para o número máximo de pessoas do seu público.

Consideração

  • Tráfego: aumente o número de visitas ao seu site ou aumente o número de pessoas que usam seu aplicativo.
  • Envolvimento: faça com que mais pessoas vejam e se envolvam com sua publicação ou Página. Com o objetivo de envolvimento, é possível:

– Impulsionar suas publicações (Envolvimento com a publicação)
– Promover sua Página (Curtidas na Página)
– Possibilitar que as pessoas obtenham ofertas em sua Página (Obtenções da oferta)
– Aumentar a participação em eventos na sua página (Participações no evento)

  • Instalações do aplicativo: direcione as pessoas a uma loja de aplicativos onde poderão baixar seu aplicativo.
  • Visualizações do vídeo: para aumentar o reconhecimento da marca, promova vídeos que mostrem os bastidores da filmagem, lançamentos de produtos ou histórias de clientes.
  • Geração de cadastros: colete informações de cadastro, tais como endereços de email, das pessoas interessadas em sua empresa.
  • Mensagens: faça com que mais pessoas iniciem conversas com sua empresa para gerar cadastros, gerar transações, responder a perguntas ou oferecer suporte.

Conversão

  • Conversões: leve mais pessoas a usar seu site, aplicativo do Facebook ou aplicativo móvel. Para rastrear e mensurar as conversões, use o pixel do Facebook ou os eventos do aplicativo.
  • Vendas do catálogo: exiba os produtos do seu catálogo com base no seu público-alvo.
  • Tráfego no estabelecimento: promova as várias localizações da empresa para as pessoas nas imediações.

Uma vez que você define qual será o objetivo da sua campanha, é hora de montar seu Conjunto de Anúncios. E é aqui que você vai delinear o foco da sua estratégia.

2º Passo – Conjunto de Anúncios

A criação do conjunto de anúncios é parte fundamental da sua campanha. É aqui que você determina o público da sua campanha, o posicionamento e orçamento e programação da campanha. Estas são as configurações básicas, mas, dependendo do objetivo da sua campanha, é possível que outras sejam disponibilizadas. Mas vamos às configurações mais comuns:

Público

O primeiro passo para configurar seu grupo de anúncios é dar um Nome do conjunto de anúncios. Logo em seguida passamos para um dos passos mais fundamentais, a escolha do público-alvo. É aqui que definimos para quem esta campanha será direcionada, e nesta fase precisamos ter a persona bem definida.

Para quem está criando a primeira campanha, provavelmente ainda não terá criado Públicos Personalizados. Portanto, aqui você irá criar sua primeira segmentação, começando pela Localização. Se o seu negócio é local, você deve incluir a cidade de atuação. E se for um negócio bem localizado, você ainda pode colocar o endereço do seu estabelecimento e definir um raio máximo para que os anúncios sejam exibidos.

Configuração de Localização Facebook Ads

E caso seu negócio for um e-commerce, também é possível anunciar para todo Brasil, ou quem sabe até mesmo para outros países. Claro que não basta colocar a localização, ainda podemos refinar ainda mais nosso público. Ainda é possível escolher idade e gênero dos usuários. O idioma só se faz necessário caso você anúncie para outros países, caso contrário não é obrigatório preencher.

Outra configuração bastante interessante é o Direcionamento detalhado. Este passo é a cereja do bolo, é aqui que detalhamos os interesses do nosso público-alvo. Para encontrar as opções disponíveis, basta digitar uma palavra-chave e ver se ela aparece como opção.

Por exemplo, se o seu negócio é uma pizzaria, além de definir o raio de atuação da sua empresa, você vai querer que a ferramenta encontre pessoas que tenham interesse em assuntos como: pizza, comida, pizza delivery, restaurantes, gastronomia e assim por diante.

Tudo ok até aqui? Então vamos em frente.

Posicionamentos

Aqui o Facebook Ads oferece duas opções: Posicionamentos automáticos ou Editar posicionamentos.

Para quem está iniciando com a plataforma, a recomendação do Facebook é que você mantenha a opção Posicionamentos automáticos. Dessa forma, a ferramenta irá escolher a melhor opção para exibir seus anúncios. Os posicionamentos vão desde o feed do Facebook até o feed do Instagram.

Mas, se você quiser que seus anúncios aparecem apenas em alguns posicionamentos, você pode selecionar a opção de Editar posicionamentos e escolher onde você quer que seus anúncios apareçam. É importante ressaltar que dependendo do formato de anúncio que você escolher, pode ser que ele não esteja disponível para determinado posicionamento. Falaremos de formatos de anúncios mais à frente.

Orçamento e programação

Outra configuração muito importante é o orçamento disponível para sua campanha. Nesta fase você precisa escolher entre um orçamento diário ou vitalício. No diário você determina o valor máximo que a campanha deve gastar por dia. Já no vitalício você determina o quanto sua campanha gastará em no período total da campanha.

E não menos importante, defina se sua campanha irá rodar durante tempo indeterminado ou se terá um início e um fim. Aqui vale lembrar que se você optar por um orçamento diário, a campanha irá rodar por tempo indeterminado, a não ser que você defina um término. Fique atento à este fato, ainda mais se o método de pagamento que você for utilizar for cartão de crédito.

3º Passo – Anúncios

Agora sim é hora de criar seus anúncios super criativos para conquistar a atenção do seu público. Para criar seu anúncio no Facebook Ads, você conta com duas opções:

  • Criar anúncio: possibilita criar um anúncio do zero escolhendo o formato (carrossel, imagem ou vídeo e coleção), a mídia os texto e links;
  • Usar publicação existente: se você tem um post muito bacana e que se encaixa no seu objetivo, você pode impulsioná-lo para que ele possa atingir mais pessoas.

Uma dica aqui é testar vários anúncios dentro de um mesmo grupo de anúncios. Aqui colocamos em prática o famoso Teste A/B, para analisar qual tipo de texto ou imagem será mais atrativa para o seu público.

Use e abuse de imagens atrativas e bem chamativas, afinal, o Facebook é uma plataforma bastante visual. Seja criativo também na chamada do seu texto, é preciso chamar a atenção do seu target e fazer com que ele execute a ação que você determinou ao planejar o objetivo da sua campanha.

Dica bônus: Facebook Pixel

Uma das grandes vantagens em investir em marketing digital é a possibilidade de rastrear todas as ações online. E com o Facebook Ads não é diferente. Através da instalação do Facebook Pixel, que na verdade é um código de monitoramento, é possível ter acesso à métricas importantes das suas campanhas.

Se você um dos objetivos das suas campanhas é direcionar o usuário para fora do Facebook e levá-los ao seu site, por exemplo. É altamente recomendado que este pixel de conversão seja instalado. Dessa forma, o Facebook terá informações de como esse público interage com o seu site.

É inclusive possível criar listas de Remarketing para voltar impactar pessoas que já passaram pelo seu site, mas não realizaram uma ação. Como efetuar uma compra ou baixar um e-book, por exemplo.

Fique de olho!

Pronto! Seu anúncio está pronto para ser veiculado. Use e abuse da criatividade, e claro, tenha em mente os objetivos da sua empresa e trace estratégias atingíveis através do Facebook Ads.

Mas não abandone seus anúncios, monitore sempre que possível e quando necessário faça ajustes. Permita-se fazer testes sempre que possível, nem sempre você irá acertar de primeira um anúncio super vendedor.

Mais do que testes, acompanhe constantemente os relatórios. A plataforma oferece diversos tipos de relatórios e ainda permite personalizá-los com diversos outros tipos de métricas.

Com o tempo, você irá entendendo cada vez mais a plataforma e descobrindo o que funciona ou não para o seu segmento de negócio. E não tenha dúvidas, investir em anúncios no Facebook pode gerar muitos negócios para sua empresa.


Você também pode gostar de ler:

Filmes que todo profissional de marketing deveria assistir

5 Filmes que profissionais de marketing e negócios deveriam assistir

Conversão no Marketing Digital

O que é conversão? A pergunta-chave do Marketing Digital!

Dicas para iniciar um negócio online - Marketing Digital

07 dicas para iniciar um negócio online