Como converter Visitantes em Leads? 3 dicas básicas!


converter visitantes em leads

Crie oportunidades para que o usuário interaja com a empresa para converter visitantes em leads.

Quando uma empresa decide criar um site e iniciar um trabalho de Marketing Digital, a grande maioria tem interesse em aumentar suas vendas com o novo canal de comunicação. No entanto, ainda vemos muitos sites mal projetados, com formulários de captura deficientes, nulas oportunidades de conversão. E, consequentemente, captação pífia de novos clientes.

Se fica determinado que o negócio precisa de um site, é importante pensar nesse site como uma ferramenta de vendas. Entender que o objetivo dele é converter Visitantes em Leads. Precisamos fazer com que o site seja atraente e dê oportunidade dos usuários interagirem com a empresa. Agregar ferramentas de interatividade na experiência da visita.

Ao visitar seu site, o usuário busca informações relevantes. Algo que o ajude a suprir uma necessidade. Para isso, devemos deixar claro quais as soluções o seu negócio proporciona. E dar a ele oportunidade de ser atendido e de se relacionar de forma útil (para ambas as partes) com a sua marca.

Sites que dão a oportunidade dos usuários interagirem são ferramentas poderosas de vendas. Quando damos a oportunidade de um usuário interagir com a empresa através do site, há grandes chances de convertê-lo em Lead. E, assim, iniciar um relacionamento para torná-lo cliente.

Existem diversas técnicas e formas de proporcionar a oportunidade de converter Visitantes em Leads através do site. Algumas trazem mais resultados para determinado público-alvo. Outras são muito utilizadas em alguns segmentos de negócios. Por isso, o ideal é aplicar algumas delas em seu site até identificar como os seus usuários estão interagindo com essas técnicas de conversão.

Confira algumas das estratégias mais utilizadas atualmente para converter Visitantes em Leads:

  • Pop-up de Newsletter:

    Muitos clientes acham essa técnica invasiva por “estourar” uma captação de email na tela do usuário, sem que ele solicite tal abordagem. Porém, essa técnica é usada principalmente para usuários que estão prestes a fechar o seu site. Ou seja, no momento em que o usuário direciona o mouse para o botão de fechar o site, o pop-up é acionado. E assim, lhe dá a oportunidade de receber as novidades/promoções de sua empresa através de email marketing.

    Apesar de não ser algo que o usuário solicitou, aquela pode ser a última chance de convertê-lo em um Lead. Quem investe em mídias, ou em outras estratégias de Marketing Digital, para atrair os usuários para o site, entende bem o porquê de se utilizar essa técnica. Pode ser a última cartada para quem investiu dinheiro para que aquele Visitante estivesse ali.

  • Calls to Action (CTAs):

    O termo é em inglês, como a maioria dos termos utilizados no Marketing Digital. E pode ser traduzido literalmente como “chamada para ação”. Os CTAs nada mais são que botões de conversão distribuídos pelo site. Estes botões têm a intenção de dar oportunidades para que o usuário interaja de alguma forma com a empresa e, consequentemente, seja possível converter Visitantes em Leads.

    Normalmente, esses CTAs possuem apelos nos conteúdos inseridos, para que o usuário sinta-se tentado a clicar! Frases como “peça aqui”, “quero ser atendido”, “fale com um especialista”, “ganhe agora”, entre outras. São iscas para que o usuário clique e inicie um relacionamento com a empresa.Os CTAs, em sua grande maioria, são links que direcionam o usuário para Landing Pages ou formulários otimizados para conversão. É importante que a Landing Page ou o formulário tenha relação com o CTA. Ou seja, se o CTA dizia que ele teria a oportunidade de “falar com um especialista” o formulário de destino deve ser condizente com essa ação. E, claro, um especialista deve fazer contato assim que receber o Lead.

  • Formulários de Conversão:

    Já citado no exemplo anterior, e considerado essencial em qualquer site, o formulário de conversão nada mais é que uma ficha de cadastro. Ela é disponibilizada online para que os usuários possam interagir com mais facilidade. Mas esse formulário não deve depender exclusivamente de um CTA. Ele deve estar disponível já na página em que o usuários se encontra, dependendo apenas de ser preenchido e enviado para a empresa.

    Uma dica é que esse formulário esteja presente no rodapé de todas as páginas do site. Assim, sempre que o usuário chegar ao fim da página do seu site, ele terá a oportunidade de enviar uma solicitação de contato. Ou uma simples dúvida não sanada durante a navegação. Dessa forma, você terá mais uma forma de conversão.

Concluindo:

Além das estratégias citadas nesse conteúdo, existem diversas outras técnicas eficazes para converter converter Visitantes em Leads. Tudo vai depender da estratégia de Marketing Digital planejada para o seu negócio.

Se você já aplica alguma técnica que não foi sugerida neste post e gostaria de compartilhar sua experiência, deixe nos comentários. Ficaremos felizes em saber como vão as suas experiências!