Problemas com site lento? Conheça os 3 motivos mais comuns


Site lento

Se você quer saber porque o seu site está lento, saiba que existem alguns detalhes que podem afetar o carregamento

Nos tempos de internet “discada” um site demorar a carregar era aceitável. Hoje, nessa mesma situação, em poucos segundos, a maioria dos visitantes simplesmente fechará a guia do navegador.

Grande parte das empresas se preocupa com outras questões ligadas ao marketing digital, mas não se atentam em detalhes como um site que tem seu carregamento mais lento do que o esperado. Porém, um site com carregamento lento pode prejudicar muito mais os resultados com um projeto de marketing digital do que um post mal feito nas redes sociais, por exemplo.

A lentidão no carregamento de um site tem muitas consequências negativas. Quando falamos em e-commerce, um site lento pode significar a perda de diversos clientes. Em respeito à SEO a questão é ainda mais crítica. O Google considera a velocidade de carregamento como um fator para ranqueamento dos sites em seus resultados de buscas.

Não, o problema não é a lentidão da internet dos usuários.

Muitas pessoas consideram a lentidão do provedor de internet como fator predominante para a lentidão de um site. Mas, muitas vezes, essa lentidão se refere especificamente ao site, não ao provedor de serviço de internet. Para ter certeza basta abrir um site referencia em carregamento, pode ser o próprio Google ou Facebook.

Site lento? Como medir a velocidade de um site

Para testar a velocidade de carregamento do seu site e saber se você deve se preocupar, existem vários sites que fazem essa análise. Como é o caso do Website Grader ou o  PageSpeeed Insights, do próprio Google. No caso da primeira opção, ela dá uma visão mais geral do seu site, já o PageSpeed é muito mais exigente.

Fe modo geral, se estas ferramentas indicarem que a velocidade do seu site é satisfatória, isso certamente estará  ajudando no ranqueamento do site nas buscas.

E mesmo que a ferramenta indique que a velocidade de seu site não é satisfatória, na maioria dos casos elas indicam quais fatores tornam seu site lento e como melhorá-lo. Os mais comuns são:

1. Servidor de hospedagem

Talvez o mais comum dos fatores seja o servidor de hospedagem. Quando alguém digita o endereço do seu site no navegador, o computador do usuário envia uma solicitação para acessar o banco de dados de outro computador, no caso um servidor. Automaticamente, esse servidor devolve os dados solicitados para o computador do usuário. É assim que os dados de um site chegam aos dispositivos dos usuários.

Normalmente, por questão de custos, as hospedagens mais usadas utilizam servidores compartilhados. Ao compartilhar os recursos de um servidor com diversos outros sites, seu site estará à mercê do consumo de recursos de outros sites. Normalmente, a lentidão de um site acontece por ele estar em uma fila de solicitações feitas para diversos outros sites em um mesmo servidor.

A solução para quem identificar esse fator como o motivo para a lentidão de seu site é a contratação de um servidor dedicado, ou seja, um servidor onde apenas seu site estará hospedado. Apesar de ser um serviço com maior custo, essa pode ser a única solução para o problema de site lento.

2. Imagens grandes

É muito difícil um site não ter imagens. A grande maioria das marcas depende de imagens para passar as mensagens que desejam para seus consumidores. E, na grande maioria das vezes, querem utilizar imagens com alto grau de resolução para que a aparência dessa mensagem seja a melhor possível.

No entanto, imagens com alto grau de resolução são “vilãs” da velocidade de carregamento de um site, especialmente quando é a primeira vez que o usuário acessa aquele site. O ideal é verificar quais imagens estão afetando o carregamento e compacta-las.

Existem ferramentas como CompressJPEG ou TinyPGN que fazem um bom trabalho de compressão. Dessa forma, antes de subir qualquer imagem para o site, é importante que elas sejam compactadas. Também é possível fazer uma compressão em massa através de plugins, existe vários disponíveis para sites em WordPress, por exemplo.

3. Código, Templates e Plugins

O funcionamento de um site se resume ao código utilizado. E o surgimento de diversas plataformas para desenvolvimento, fez surgir os Templates e Plugins que ajudam e muito o desenvolvimento do site. Mas, algumas vezes, optar por utilizar essas ferramentas podem aumentar o tempo de carregamento do site.

Versões desatualizadas, por exemplo, causam lentidão. A atualização é fundamental para quem não quer sofrer com site lento. Além disso, o desenvolvedor deve trabalhar com o que tiver de mais simples e adotar linhas de código “enxutas” para garantir o bom carregamento do site.

Concluindo

Existem diversos outros fatores que podem tornar seu site lento. Fatores como excesso de anúncios, spam nos comentários, utilização de mídias externas como o Youtube e outras questões que podem passar despercebidas requerem atenção.

Mas, na grande maioria dos casos, estes são os motivos mais comuns pelos quais os sites ficam lentos. E isso pode realmente ser um problema para o seu negócio online. Pense sempre na experiência do usuário, ou até mesmo na sua própria experiência quando se depara com um site lento.

Caso você identifique que seu site é muito lento após sua avaliação, busque um profissional da área. Ele vai saber te dizer se é hora de desenvolver um site novo, contratar um novo servidor de hospedagem ou simplesmente executar alguns ajustes pontuais.


Você também pode gostar de ler:

Email Marketing Design

Como criar um email marketing de alta qualidade?

O que é Call to Action

O que é call to action: A frase que convida à ação do usuário

erros comuns

5 ferramentas de Marketing Digital que todo gestor deve conhecer