Growth Hacking: Crescimento Baseado em Experimentos


Growth Hacking

Entenda como esse método pode ser um forte aliado nas estratégias da sua empresa

O nome pode parecer estranho ou algo complicado de entender e é bem provável que você esteja aí se perguntando o que de fato significa, acertamos? Mas calma que daqui a pouco vamos entrar mais a fundo nessa questão e te explicar tudo direitinho, combinado? Antes, queremos que você saiba que esse conceito vem conquistando cada vez mais espaço no mundo dos empreendimentos, servindo como uma solução eficiente para potencializar os resultados dos negócios.

E é pensando nisso que te fazemos a seguinte pergunta: você gostaria que a sua empresa crescesse de forma rápida e constante? Tudo bem vai, a gente sabe que isso é praticamente uma pergunta retórica, afinal, quem não gostaria? Então, pensando melhor, talvez essa seja a pergunta correta a se fazer: você estaria disposto a aplicar uma metodologia construída a partir de hipóteses e experimentos para que sua empresa cresça de forma rápida e constante?

Se sua resposta foi “sim”, acredite: o growth hacking pode te ajudar a atingir esse objetivo (E nós também, é claro! Não é à toa que preparamos esse conteúdo incrível pra você, não é verdade?). Sendo assim, a hora de ficar por dentro desse assunto é agora! Confere só:

O Que é Growth Hacking?

Como mencionado anteriormente, as hipóteses e os experimentos definem a essência do Growth Hacking. Isso quer dizer que ele é uma forma de trabalho focada em “suspeitas”, ou seja, pontos que podem estar prejudicando o sucesso de determinado empreendimento. Por esse motivo, todos os fatores críticos são analisados, bem como informações sobre tráfego, leads e vendas. A partir disso, alguns testes são realizados para que seja possível descobrir oportunidades de crescimento de forma rápida e com custos reduzidos.

Ah, e antes que a gente se esqueça, aqui vai um detalhe importante sobre o termo: ele foi implementado em 2010 por Sean Ellis, profissional que analisou diversas empresas com crescimento acelerado e observou os aspectos em comum que contribuíam para isso. O marketing inovador foi um deles. Todas as empresas faziam uma divulgação diferenciada dos seus produtos. Além disso, contavam ainda com o apoio de equipes criativas, focadas apenas nas estratégias de crescimento. No fim das contas, esse estudo permitiu que Sean acelerasse o crescimento de diversas startups, como o Dropbox, por exemplo, serviço de armazenamento em nuvem mundialmente conhecido.

Sendo assim, podemos dizer, resumidamente, que o Growth Hacking não é caracterizado como uma ideia pronta e engessada a ser seguida, mas sim uma forma de pensamento que preza por uma linha de raciocínio:

  • Tentativa de identificar os problemas da empresa;
  • Possíveis ideias para solucioná-los;
  • Seleção das melhores ideias para realização de testes (feitos de forma simples e rápida);
  • Análise dos resultados, sejam eles positivos ou não;
  • Realização de novos testes a partir da experiência obtida.

O Que Faz um Growth Hacker?

A palavra “hacker” não é nenhuma novidade pra você, certo? Mas, antes de associá-la a algo negativo, vale lembrar que aqui estamos nos referimos ao trabalho de profissionais devidamente contratados para tal atividade e responsáveis por encontrar e explorar falhas na segurança. De certa forma é uma atividade parecida com a dos growth hackers, já que estes atuam no encontro de “brechas” dentro da empresa, ou seja, espaços onde se é possível crescer de forma rápida e inteligente.

Na maioria das vezes são profissionais especializados em marketing, que não pensam apenas nas questões de venda e faturamento, mas sim no crescimento de forma geral. Por esse motivo, estão sempre atentos aos processos, metodologias, tecnologias, análises de dados e comportamento do consumidor. Tudo para conseguir identificar problemas e ir em busca de oportunidades de melhorias e resultados significativos para a empresa.

Quais São as Principais Estratégias do Growth Hacking?

Marketing de Referência:

Diretamente relacionado ao marketing de fidelização, esse tipo de estratégia incentiva a divulgação “boca a boca”, fazendo com que os próprios consumidores sejam os propagadores da marca. Normalmente isso acontece através de um sistema de indicação e recompensa que a própria empresa adota em seu funcionamento. Ou seja, se uma pessoa que já é cliente indica a empresa para um familiar ou amigo e este também se torna cliente, ambos recebem uma quantia em dinheiro. A partir desse método muitas empresas se consolidaram e alavancaram sua base de clientes, aspecto que, consequentemente, contribuiu para seu rápido desenvolvimento.

Marketing de Conteúdo:

Esse é um ponto essencial para atrair visitantes. Seja por meio das redes sociais, blog, e-mail marketing ou até mesmo mídia offline, o certo é que seu conteúdo precisa ser interessante e agregar valor às pessoas. Somente assim elas começarão a ter uma percepção positiva da sua marca, bem como engajar com as publicações e ações realizadas. Lembre-se: para que isso seja feito da forma correta, aposte em um planejamento alinhado com os objetivos da empresa e que chame a atenção do público.

Motivação de Compra:

Atire a primeira pedra quem nunca saiu correndo para comprar um produto depois de ver um anúncio dizendo que eram as “últimas unidades disponíveis” ou que o desconto era válido até o dia “X”, não é mesmo? Essas são algumas ações utilizadas no marketing para motivar as pessoas a adquirirem o item o mais rápido possível. Em outras palavras, pode-se dizer que esse é um dos principais gatilhos mentais adotados no growth hacking.

Realização de Testes:

Se você está mesmo disposto a mudar o seu negócio, precisa estar aberto a novas ideias e experiências. Por isso a realização de testes é tão importante para avaliar o que de fato funciona ou não. O teste A/B, por exemplo, é um dos métodos mais conhecidos. Ele permite que as versões de um mesmo material sejam apresentadas à um grupo específico de pessoas, a fim de verificar os resultados obtidos a partir de um objetivo anteriormente definido.

Quer saber mais sobre o growth hacking ou adotar alguma dessas estratégias na sua empresa? Conte com a nossa equipe!

Entre em contato e saiba mais!


Você também pode gostar de ler:

Soluções de Automação em Marketing Digital que vão ajudar o seu negócio Marketing Digital

5 soluções de Automação em Marketing Digital que vão ajudar o seu negócio

Projeto de Marketing Digital

4 Dicas Estratégicas para Acelerar seu Projeto de Marketing Digital

marketing digital para pequenas empresas

Dicas de Marketing Digital para Pequenas Empresas Que Funcionam!