Newsletter

Cadastre-se para receber dicas de Marketing Digital

O que são BI e Web Analytics e para que servem


BI e Web Analytics

Com um grande número de informações digitais acumuladas e quase sempre não utilizadas, criou-se o um conjunto de técnicas e ferramentas para uma análise mais aprofundada e cruzamento de informações. BI e Web Analytics são itens potentes de suporte à tomadas de decisões e otimizações de desempenho de negócios.

Falando na forma correta como fonte de informação e, posteriormente, transformados em conhecimento para a tomada de decisão, devemos levar em consideração o negócio como um todo. Tanto ações Offline, que podem ir desde a conversão em vendas de um produto em determinado período, até o retorno sobre o investimento de uma propaganda feita em uma revista. Também temos que analisar as ações Online e, para isso, podemos utilizar o Web Analytics.

Como o próprio nome já diz, o Web Analytics trata da análise de dados coletados via web. Esses dados vão desde a quantidade de pessoas que visitam o seu site, até a quantidade de usuários que acessam a sua página via anúncios do Google Adwords, por exemplo, e preenchem o formulário do site. O fato é que todo tráfego de circulação pelos seus ambientes digitais é capturado com a finalidade de análises de desempenho e comportamento do seu público.

Trabalhando esta análise de forma mais aprofunda, conseguiremos avaliar e quantificar com precisão as ações e resultados do Marketing Digital. Também otimizar e redistribuir verbas, caso estas ações sejam voltadas à compra de mídia online, por exemplo.

Com a definição da melhor estratégia e a otimização das campanhas, o próximo passo é definir KPIs, ou Indicadores-Chave de Desempenho, que servem para medir o sucesso efetivo determinadas ações. Com estas informações consolidadas e bem definidas, o processo de análise ficará muito mais simples de ser executado.

BI e Web Analytics devem ser parceiras imediatas em qualquer gestão de negócios. Isso porque o Web Analytics é capaz de reunir todas as informações de tráfego digital imagináveis, o que o torna uma ferramenta altamente potente. Porém, só é possível usufruir de todo esse potencial quando as informações são aplicadas a contextos analíticos estratégicos.

Baixar E-book: Análise de Dados com o Google Analytics

Aprenda a mensurar e enxergar oportunidades com o Marketing Digital!

E-book: Análise de Dados com o Google Analytics

Como utilizar as diversas naturezas de dados da sua empresa em prol de uma gestão mais eficiente.

O princípio básico de BI (Business Intelligence) é justamente a junção de informações relevantes de várias fontes de dados diferentes, offline e online. E a consequente transformação destes dados em informações que, posteriormente, servirão como base de conhecimento sobre o histórico da empresa.

Uma das maneiras mais eficazes de aplicação do BI é a partir da criação de uma Data Warehouse, que nada mais é que um repositório digital onde são unificados e organizados os dados. Ele congrega os vários Data Marts, que são pequenos fragmentos de dados sub categorizados, como setores, períodos e uma infinidade outros conjuntos de variáveis, dependendo do negócio.

Com a evolução das ferramentas de interpretação de dados, temos a opção de utilizar uma grande diversidade de arquivos e aplicações como fonte de dados como: Planilhas, Documentos de texto, Consultas em SQL, Arquivos de Marcações de texto, Integrações com Web Services, entre outras. Elas trazem como benefício direto análises cada vez mais precisas e profundas.

Tendo em mãos os arquivos e os repositórios digitais, é necessária a integração de todos estes dados e o cruzamento destas informações para a construção de relatórios estruturados. Para isso, temos as ferramentas OLAP, que tem como principal finalidade interpretar um grande número de dados. Ao mesmo tempo, montar relatórios fáceis de compreender, para uma análise dinâmica comparativa e multidimensional dos dados do negócio.

Se você tem dúvidas ou contribuições sobre esse tema, deixe um comentário em nosso artigo. Teremos prazer em trocar informações em prol do conhecimento. Abraços e até a próxima!


Você também pode gostar de ler:

Jornada de Compra

Jornada de Compra: conheça as 4 etapas que compõem esta metodologia

gerar negócios

Como saber se o site da empresa está preparado para gerar negócios?

Como aproveitar o momento atual e transformá-lo em oportunidades

Como aproveitar o momento atual e transformá-lo em oportunidades